Posicionamento da Associação Brasileira de Nutrologia (ABRAN) a respeito de micronutrientes e probióticos na infecção por COVID-19

Associação Brasileira de Nutrologia (ABRAN) lançou um documento fundamentado na literatura vigente em relação não somente ao COVID-19, mas também a outros vírus, que descreve os efeitos benéficos dos tratamentos das deficiências específicas referentes às vitaminas A, D, C, zinco e selênio e dos possíveis efeitos dos probióticos.
O posicionamento mostra o papel vitaminas e minerais com atuação de maior relevância no cenário da síndrome respiratória aguda grave causada pelo COVID-19 (SARS-CoV-2) e
ressalta a importância de lembrar que nenhum desses nutrientes trata diretamente a infecção pelo COVID-19, mas tem papel importante na promoção de saúde imunológica, ajudando na prevenção e o combate ao vírus.

Para ler o documento na íntegra, acesse o link aqui 

Este post foi adicionado em Notícias. Crie um bookmark do link permanente.