CRN1

0

Anvisa: alimentos têm resíduo de agrotóxico acima do permitido

Publicado em 29 out 2013 por Leticia Lima na categoria Mais Notícias, Notícias, Notícias DF

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) divulgou relatório nesta terça-feira onde alerta que boa parte das frutas, legumes e verduras consumidos pelos brasileiros apresenta altas taxas de resíduos de agrotóxico. Segundo o Programa de Análise de Resíduos de Agrotóxicos em Alimentos (Para), 36% das amostras analisadas em 2011 e 29% das amostras de 2012 apresentaram irregularidades.

A Anvisa analisou 3.293 amostras de 13 alimentos monitorados: abacaxi, alface, arroz, cenoura, feijão, laranja, maçã, mamão, morango, pepino, pimentão, tomate e uva. A escolha dos alimentos baseou-se nos dados de consumo obtidos pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), na disponibilidade destes alimentos nos supermercados no Distrito Federal e nos estados e no perfil de uso de agrotóxicos nestes alimentos.

De acordo com a Anvisa, pelo menos dois agrotóxicos que nunca foram registrados no Brasil foram detectados nas amostras: o azaconazol e o tebufempirade. “Isto sugere que os produtos podem ter entrado no Brasil por contrabando”, diz a agência.

O alimento campeão de irregularidades é o pimentão. Das 213 amostras analisadas em 2011, 89% apresentaram violações – a maioria por uso de agrotóxicos não autorizados. Em 2012, o produto não foi analisado.

Depois do pimentão, aparecem a cenoura, com irregularidades em 67% das amostras analisadas em 2011 e 33% em 2012; o morango (59% em 2012, ficando de fora da análise de 2011); o pepino (44% em 2011 e 42% em 2012); o alface (43% em 2011); e o abacaxi (41% em 2012).

Após a divulgação do relatório, a Anvisa determinou a criação do Grupo de Trabalho de Rastreabilidade, com o objetivo de elaborar uma proposta de normatização para disciplinar a rotulagem e a rastreabilidade de produtos vegetais in natura, “dispostos para o consumo humano, em toda a cadeia de distribuição e comercialização”.

 

Fonte: Jornal do Brasil

Compartilhe com seus amigos:


Comments are closed.

  • DF
  • GO
  • MT
  • TO

Sede CRN-1- Brasília-DF SCN - Qd. 1 – Bl. E – Ed. Central Park - Sala 1.611 - Asa Norte - Brasília-DF - CEP 70711-903
Telefax: (61) 3328-3078, (61) 3961-7300, (61) 8416-7640 e e-mail: crn1@crn1.org.br
Horário de funcionamento: 8h às 17h (segunda a sexta-feira)

Delegacia de Goiás Av. Anhanguera, 4.803 - 11º andar – sala 1.101 - Ed. Rita de Albuquerque
Centro - Goiânia-GO - CEP 74038-900
Telefax: (62) 3225-6730 – e-mail: crn1go@crn1.org.br
Horário de funcionamento: 8h30 às 12h–13h às 17h30 (segunda a sexta-feira)

Delegacia de Mato Grosso Av. Rubens de Mendonça n° 990 - Ed. Empire Center, sala 502
Bairro Baú - Cuiabá-MT - CEP: 78008-000
Telefax: (65) 3052-8380 – email: crn1mt@crn1.org.br
Horário de funcionamento: 8h30 às 12h – 13h às 17h30 (segunda a sexta-feira)

Delegacia de Tocantins Quadra 101 Sul, Avenida Joaquim Teotônio Segurado, Lote 03, Sala 505 – Ed. Executivo Carpe Diem
Centro – Palmas-TO – CEP 77015-002
Telefax: (63) 3217-2406 – e-mail: crn1to@crn1.org.br
Horário de funcionamento: 8h30 às 12h – 13h às 17h30 (segunda a sexta-feira)

Copyright © 2011 CRN-1 Conselho Regional de Nutricionistas - 1ª Região. Todos os direitos reservados.